Por que se celebra a missa de 7o. dia?

Pe. Valdiran Santos
da Paróquia Santa Teresinha
Região Brasilândia.

PARA ENTENDER MELHOR

O número sete na Bíblia é igual à perfeição que é = DEUS. Em 7 dias Deus criou o mundo e descansou. Essa tradição de luto de 7 dias nós encontramos na Bíblia:

Para nós é importante continuar essa tradição porque somos Cristãos; homens e mulheres de esperança, cremos na vida eterna e acreditamos que a morte não é o fim de tudo, mas o começo de uma nova vida. “Cristo, morrendo, destruiu a morte e ressuscitando dos mortos deu-nos a vida”.

Quando rezamos diante de um corpo, estamos diante de alguém que, pelo batismo foi o templo da Santíssima Trindade (1Cor 2,16-17) e confiamos plenamente na ressurreição conforme  Jesus prometeu: “Eu sou a ressurreição e a vida”.

2Mc 12,43-45 “Então fizeram uma coleta individual, reuniram duas mil moedas de prata e mandaram para Jerusalém, a fim de que fosse oferecido um sacrifício pelo pecado. Ele agiu com grande retidão e nobreza, pensando na ressurreição. Se não tivesse esperança na ressurreição dos que tinham morrido na batalha, seria coisa inútil e tola rezar pelos mortos. Mas, considerando que existe uma bela recompensa guardada para aqueles que são fiéis até a morte, então esse é um pensamento santo e piedoso. Por isso, mandou oferecer um sacrifício pelo pecado dos que tinham morrido, para que fossem libertados do pecado”.

Ecle 11,7 “Então o pó volta para a terra de onde veio, e o sopro vital retorna para Deus que o concedeu”.

Sb 3,1-4 “As almas dos justos, ao contrário, estão nas mãos de Deus, e nenhum tormento as atingirá. Aos olhos dos insensatos, aqueles pareciam ter morrido, e o seu fim foi considerado como desgraça. Os insensatos pensavam que a partida dos justos do nosso meio era um aniquilamento, mas agora estão em paz”.

Jó 19,25-27 “Eu sei que o meu Redentor está vivo e que no fim se levantará acima do pó. Eu mesmo o verei, e não outro; eu o verei com os meus próprios olhos”.

Dn 12,3 “Muitos que dormem no pó despertarão: uns para a vida eterna, outros para a vergonha e a infâmia eternas, os sábios brilharão como brilha o firmamento e os que ensinam a muitos a justiça brilharão para sempre como estrelas”.

A FÉ CRISTÃ NA RESSURREIÇÃO 

Para nós cristãos morrer significa passar da morte para a vida, é ir ao encontro com o Pai e viver eternamente no seu convívio. Para os que crêem em Deus “a vida não é tirada, mas transformada”.

No Novo Testamento há inúmeras passagens que falam da ressurreição e da  vida eterna. Esses textos são o fundamento da nossa fé e da nossa esperança. Vejamos alguns:

 CONCLUSÃO

Os textos que lemos justificam as nossas orações pelos mortos, especialmente a Santa Missa, culto máximo de louvor, gratidão e adoração a Deus, Senhor da vida e da imortalidade. A missa de 7º dia está, portanto, fundamentada na Palavra de Deus. Com certeza, uma prece dirigida a Deus, por alguém vivo ou falecido, não lhe fará mal nenhum, pois rezamos ao Deus Pai, autor e Senhor da vida. Dessa forma participamos da Comunhão dos Santos, aqueles que estão na glória do céu, aqueles que esperam o dia do julgamento e nós que militamos neste mundo.

Comentários:

  • Sandra Ines A SAntos disse:

    Hoje fazem 7 dias que meu amado paizão se foi,e agora esta junto de Deus, deixou todo o sofrimento e agora pode respirar tranquilo com as graças de |Deus. Pai te amo , descanse em Paz ao lado de Deus… Orem pelo meu pai Daniel Alves.

  • Ana Paula Silva disse:

    Hoje faz 7 dias que meu querido paizinho se foi,não me esqueço de quando eu ligava para ele ,meu paizinho dizia com toda alegria ” E ai Paizão”,só quero que nosso senhor lhe dê um bom lugar.

  • Dionéia Lopes disse:

    Hoje fazem 7 dias que meu pai foi morar com Deus. Peço que orem nesta intenção.

  • Mara Rúbia disse:

    Hoje está fazendo 7 dias que uma amiga querida perdeu seu filho, e comentei no meu trabalho que iria a missa. Uma da funcionárias que é evangélica disse que não se pode fazer uma missa para os mortes, disse que isto está na bíblia! Porém creio que cada um tem a sua religião, e não cabe a ninguém intervir na religião dos outros…acho que independente do seu credo, temos que respeitar a religião do próximo.
    Um abraço…

  • Silmara disse:

    Hoje fazem 7 dias que meu pai foi recolhido por Deus para viver na glória de Deus. Peço que orem nesta intenção.

  • Dominic disse:

    Hoje faz 7 dias que eu perdi meu filho que tinha 5 meses de gestação, mas apesar de nunca te tido ele em meus braços, criei um vínculo de alma, e hoje to sofrendo muito com essa perda. Uma saudade de foge a todas as regras. Hoje vou em uma missa de louvor, pedir a deus que cuide de mim e do meu anjinho. Obrigada pelo texto.

  • margarida disse:

    engraçado..d.joão ávila, arcebispo do rj, amigo da minha família, meu melhor amigo nesta vida, me contou que 7 dias, era o tempo que a alma tinha para se despedir das pessoas que amava, da vida que tinha..podia ser através de sonho, cheiro, um chamado!!
    e que algumas precisavam de um tempo maior, 30 dias.
    quando minha mãe foi fazer o curso de ministra da eucaristia, ouviu a mesma coisa de uma freira!!!
    engraçado que na crisma e no catecismo nunca ngm me ensinou sobre isso !!

  • ROMILDA TRINDADE disse:

    Amei este texto. Além de me confortar,pois, acabei de voltar da missa de sétimo dia do meu sobrinho, poderei saber responder às pessoas que não suportam ver os católicos rezarem por seus mortos. Muito obrigada

  • xico com x disse:

    a missa de sétimo dia é nada mais que reunirmos a familia e amigos um dia apos o sexto do falecimento de um ente querido para reforçarmos o pedido a DEUS que acolha aquele(a)EM QUESTAO no seu reino e console os que ficaram na peleja deste lado.

    • sirlene fernandes disse:

      Perfeita explicação vcs.realmente está fundamentada na palavra de Deus.Agoa entendo porque após o sétimo dia a dor diminue mais.obrigado

  • Nias disse:

    Os crentes dizem que não adianta rezar pelos que já estão mortos. Vocês mostraram uma série de base bíblica e só fora do cânon se encontra essa prática. Já vi que é apenas tradição católica.

  • João Batista Gomes Maia disse:

    Excelente o texto. Importante resaltar: muita gente gosta de, nessa celebração, enaltecer os feitos e virtudes do(a) falecido(a).Não é o momento para tal.Deve-se agradecer a Deus pela vida concedida ao ente querido e suplicar misericórdia e salvação para o mesmo, além do conforto espiritual para os parentes e amigos.

  • DENIS MORAES disse:

    Obrigado pela mais doce de todas as palavras O encontro com Deus após a morte…

  • Edvaldo disse:

    Realmente, a ressurreição dos mortos é algo que me facina,porem esta bem aventurança está reservada aos que morrem em Cristo.I.Ts.4.16 e orar pelos mortos nunca foi uma prática Bíblica.

  • Márcio disse:

    “A missa de 7º dia está, portanto, fundamentada na Palavra de Deus.”

  • Elaine disse:

    Obrigada pela explicação neste momento tão doloroso! O assunto morte e missa de 7.dia deve ser entendido da melhor maneira possível, permitindo-nos certo conforto pela falta da pessoa querida. Abraços.

  • edinelma disse:

    Adorei sua resposta, clara concisa, fundamentada na palavra de DEUS.
    Obrigada

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.